quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Relógios, eu adoro Relógios!



Desde adolescente adoro relógios e constantemente me vejo olhando vitrines a procura de algum interessante.

Quer me dar um presente? Me dê um relógio de pulso! 

Meu primeiro relógio digital, em meados da década de 70 foi um modelo a LED cujos dígitos acendiam ao se tocar a moldura do display. Lembro que o primeiro relógio digital que vi foi no pulso do apresentador Silvio Santos, que fez questão de exibir a novidade em um de seus programas.

Recentemente construí 4 relógios, um de prateleira, um rádio relógio e dois de pulso.


O modelo retro-pós-moderno

Este é minha última criação, construído com um microcontrolador da linha Attiny. O intuito foi usar componentes normais ( não os minúsculos SMDs ), deixa-los aparente e mesmo assim manter o relógio com um tamanho de um relógio de pulso médio.

Alguns truques de design eletrônico e programação foram usados a fim de minimizar o número de componentes, otimizar o consumo e permitir a miniaturização, como multiplex de segmento e não de dígitos e um único resistor limitador de correntes dos segmentos.




O aspecto retrô do mostrador ficou por conta do minúsculo display bubble da HP lembrando o design dos relógios de pulso pioneiros e das calculadoras científicas da década de 70. 


Em desenvolvimento



Componentes e placas


Vídeo dele em funcionamento



Modelo Steampunk

Este outro, irmão mais velho dele, remete ao estilo Steampunk e foi construído em madeira, latão, cobre, couro e vidro. O circuito, diferente do modelo acima que foi construído, foi aproveitado de um relógio digital de LED baratinho, destes vendidos em camelô.


Os dois irmãos


Em um pulso feminino

Partes do modelo steampunk







Rádio Relógio Steampunk

Este rádio relógio construí aproveitando componentes de outros aparelhos e alguns itens domésticos. As cornetas de som, são copos de sorverte Sundae, a caixa de madeira era um porta-bijouterias da minha esposa, as teclas são botões de latão, e assim vai. 

O relógio possui displays com tubos Nixie da década de 60 e também é controlado por um microcontrolador.

Ele reproduz musica a partir de pendrive, cartão SD, CD e Rádio FM e também desperta.




Testes com o circuito e tubos Nixie












Na cabeceira de minha cama



Relógio de prateleira

Este de parede, ou melhor de prateleira, foi inspirado no relógio derretido de Salvador Dali.



Imagem da internet


Utiliza um mecanismo padrão de relógios de parede com uma modificação para que os ponteiros andem no sentido anti-horário.

Outra inspiração foi a música Time do LP Dark Side of the Moon do Pink Floyd. A etiqueta do disco também foi refeita e derretida.