quarta-feira, 15 de março de 2017

Fabricando placas de circuito impresso pelo processo de transferência térmica

Este assunto e as correspondentes duvidas e descrenças são sempre recorrentes. 

Utilizo este processo profissionalmente, para prototipagem e pequenas produções, e posso atestar que é um processo bastante simples com a melhor relação custo beneficio. Se bem realizado produz placas com aspecto profissional.

A prensa que utilizo pode ser substituída pelo ferro de passar roupas, porém a temperatura, o tempo de aquecimento e a pressão deverão ser definidos por tentativas e erro.

Mesmo que o volume de fabricação seja moderado, o investimento em uma prensa como esta é justificado. Muita gente cogita a compra de routers para a fabricação de placa e com certeza o custo com aquisição de um router será bem mais elevado e os resultados limitados.

Neste vídeo mostro o processo do começo ao fim em uma placa de protótipo para o som de um simulador de vôo.



Um comentário: